domingo, 24 de março de 2013

Redação pronta – Tema: Radicalismo e intolerância



Nesta postagem, apresentarei a redação de Franciana Rosa, uma amiga querida e excelente profissional da área de Farmácia.

Ao fazer uma arrumação em seu escritório, Franciana encontrou algumas redações que fez para concursos/vestibulares e as enviou para mim como contribuição para o blog. Obrigada, Fran!

O texto que publico hoje foi escrito por ela em 2004, mas é bastante atual. 

Neste post, apresento apenas a redação na íntegra. Na próxima postagem, tecerei comentários a respeito do texto.

Avaliem a produção e apresentem suas impressões nos comentários. Para quem está estudando redação, analisar textos é muito importante. Trata-se de uma prática essencial para aperfeiçoamento da escrita.


Segue a redação.

Tema: Radicalismo e intolerância

            O panorama atual é marcado pelas crescentes ondas de radicalismo e intolerância entre os povos. As causas geradoras dessa conjuntura no iniciante século se relacionam ao unilateralismo político de uma só potência, à movimentos terroristas e a guerras por interesses econômicos. Tratar dessas questões é fundamental para a convivência pacífica entre os seres.

            A consolidação do poder econômico e político da Nação Norte Americana nos pós Guerra-Fria condicionou em várias regiões do planeta movimentos de caráter extremista. Bem como a padronização de hábitos e cultura contribui incessantemente para alimentar as lutas por defesa da nacionalidade própria de cada povo.

            Em uma segunda análise, percebe-se que os crescentes atos de terrorismo representam para o segmento que os praticam uma forma de demonstrar sua insatisfação perante as problemáticas vividas. Ao longo da última década, o fundamentalismo extremista vitimou milhares de inocentes em lutas territoriais como se vê na questão em torno da criação do Estado da Palestina.

            Por último, não se pode deixar de ressaltar que os radicalismos são frutos de ações gananciosas que promovem guerras. Tais guerras, por vezes, são deflagradas para movimentar a economia de um dado país porque dessa forma suas indústrias bélicas aumentam sua lucratividade. Porém, o preço desse lucro é pago com o sangue de milhares de civis.

            Sob a ótica apresentada, verifica-se o quanto complexo se torna o relacionamento entre os povos. A crescente intolerância pode levar a sociedade a um panorama caótico de incertezas e medo. Somente o combate às causas que geram os radicalismos pode propiciar a construção de um mundo melhor.

Até a próxima.
Bons estudos!