sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Solicitação de recurso - Redação

Olá!

Na redação sobre plágio que apresentei na última postagem, minha nota foi 8,0.

Considerei inadequada a pontuação e entrei com um recurso. Veja:

******************************************************************************************************
De acordo com o item 7.3 a, a redação seria avaliada segundo os aspectos formais, textuais e discursivos.

Aspectos formais
- A redação enviada não apresenta desvios gramaticais ou ortográficos e a linguagem utilizada obedece ao registro formal de comunicação. Não identifico, portanto, possibilidade de desconto de pontos no quesito “aspectos formais”.

Aspectos textuais
- De acordo com o tema, a redação deveria explicar o que é o plágio e soluções para evitá-lo na Educação a Distância. Foi dito no decorrer do texto que o plágio é a apropriação de conteúdo alheio. Além disso, foram apresentadas duas propostas de solução para o problema:

 1) criação de disciplinas ou maior oferta de debates  sobre o tema nas instituições.
 2) investimento maior em tecnologia nas instituições para identificação de plágio.

Com base nos aspectos apresentados, não se pode dizer que houve na produção textual fuga ao tema proposto. 

Em relação à estrutura dos parágrafos, também não houve inadequação, uma vez que são proporcionais em tamanho e foram utilizados de forma a obedecerem ao formato próprio do gênero dissertativo (introdução, desenvolvimento e conclusão).
Com base em tais dados, a nota atribuída ao texto no quesito “aspectos textuais” também precisa ser revista.

Aspectos discursivos
- Em relação aos aspectos discursivos, da mesma forma, não identifico inadequações, uma vez que os conectivos foram corretamente empregados, os parágrafos se mostraram encadeados e a argumentação foi apresentada de maneira clara, sem repetições de palavras ou expressões.  Tais características conferiram fluidez ao texto. A nota atribuída à redação no quesito “aspectos discursivos” também precisa, pois, ser revista.

Considerando os aspectos detalhados, solicito que seja revista a nota final da redação.

********************************************************************************

Após recurso, a minha nota foi alterada para 9,0. No entanto, atente para o comentário que recebi da Banca avaliadora:

Resposta ao Recurso: “Alterar a nota. Bom texto mais há argumentos que necessitariam de melhor desenvolvimento,”

Se a pessoa que escreveu a resposta ao meu recurso foi a mesma que analisou a redação, a situação é bem complicada, uma vez que o “mas” foi trocado por “mais”, não houve vírgula após a palavra “texto” e o parecer foi finalizado com vírgula em vez de ponto.

E a gente vai levando...

Até mais!



domingo, 25 de agosto de 2013

Redação pronta sobre plágio

Segue a redação que fiz para o tema:

Plágio: o que é e como evitá-lo na Educação a Distância.

Na próxima postagem, falarei sobre como foi a avaliação da banca.

    
Inspiração sem transcrição
            
A facilidade de acesso à informação, proporcionada pela tecnologia, apesar de ser benéfica no processo de ensino-aprendizagem, tem também posto em pauta uma preocupação entre os educadores: o plágio. Na modalidade de ensino a distância, em que o aluno, na maior parte das vezes, realiza as suas atividades longe da presença de professores, a apropriação de conteúdos tende a ser facilitada. Refletir sobre o assunto é o caminho para que se pense em estratégias para solucionar o problema.
            
Antes de tudo, é preciso que os cursos a distância passem a tratar o tema plágio de maneira mais aberta com os alunos. A criação de uma disciplina específica, ou mesmo a oferta de debates estruturados sobre o tema,  pode trazer bons resultados, uma vez que, por meio de ações como essas, os estudantes poderão perceber, de maneira mais aprofundada,  o quão prejudiciais são as ações de plágio.
    
        Em paralelo a esse trabalho junto ao aluno, é importante que as instituições educacionais tenham acesso a programas tecnológicos de identificação de plágio.  Há situações em que os professores/tutores, devido ao excesso de trabalho, não têm disponibilidade suficiente para analisar a ocorrência de plágio em cada trabalho que recebem. O que se faz comumente é copiar trechos do texto do aluno e pesquisá-los em sites de busca, porém, trata-se de um processo bastante demorado.  Equipar as instituições com  programas que façam esse trabalho seria, pois, um grande auxílio para os profissionais.


            É notório, portanto, que o tema plágio precisa ser discutido entre os profissionais de educação a distância para que haja avanços. A utilização de conteúdo alheio sem a devida identificação constitui crime, mas nem todos os estudantes têm consciência da complexidade de tal prática. Alunos e instituições precisam discutir o assunto a fim de que o ato de pesquisar gere inspiração... em vez de fraude.


quarta-feira, 17 de julho de 2013

Redação sobre plágio

Olá, pessoal!

Participei de um processo seletivo em que tive que escrever uma redação sobre o seguinte tema:

“Plágio: o que é e como evitá-lo na Educação a Distância?”

Postarei em breve o texto que fiz, mas a pergunta agora é: o que vocês escreveriam se tivessem que produzir uma redação a respeito? Como organizariam o texto?

Apesar de se tratar de uma proposta bastante direcionada a minha área de atuação, não acho que seja improvável que as bancas de concursos e vestibulares venham a cobrar algo do tipo.

Vale a pena pensar sobre esse tema.


Até logo!!


segunda-feira, 10 de junho de 2013

Vou estar falando ... sobre o gerundismo

Na novela Amor à Vida, o personagem Carlitto, interpretado pelo ator Anderson Di Rizzi, só fala usando gerundismo. Eu acho engraçado ver as cenas, porque se trata de um modo de comunicação característico de pessoas que querem falar bonito, mas, na verdade, estão usando um vício de linguagem chato.

Em uma cena, o personagem disse seguidamente estas 3 frases: 

“Você vai estar topando ir à festa comigo?”
“Você vai estar adorando a festa.”
“Você vai estar me vendo tocar como DJ.”

Chamamos tal estrutura de gerundismo porque é um formato desnecessário de comunicação. O gerúndio indica ação em andamento, porém, nas frases acima, não temos a ideia de processo em curso, por isso é inadequado.
O ideal seria dizer: Você topa ir à festa comigo?”, “Você vai adorar a festa.”, “Você vai me ver tocar como DJ.”.

Mas atenção, na frase a seguir, temos a estrutura semelhante, mas não ocorre gerundismo.

“Amanhã, enquanto você estiver trabalhando, eu vou estar tomando sol.”

Nessa frase, temos ações ocorrendo simultaneamente, por isso é adequado o uso do gerúndio.


Provavelmente a origem do gerundismo seja o  Future Continuous do inglês.

I’ll be sending a message tomorrow.
We’ll be traveling next week.

De vez em quando vejo o gerundismo nos textos dos meus alunos e sinalizo o problema.

Se você é uma pessoa preocupada com a escrita, fique atento a esse vício de linguagem.


Até mais.

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Site InfoEnem e prova Enem 2012


Olá!

O site InfoEnem publicou uma lista com blogs recomendáveis para estudar redação. Nós estamos lá, junto a mais alguns outros sítios bem legais. Veja aqui.

Os responsáveis pelo site me passaram um link para download da prova do Enem 2012 e acho que pode interessar. Para ter acesso, clique aqui.

Espero que seja útil aos vestibulandos.

Um abraço.
Lygia Maria