segunda-feira, 13 de julho de 2015

Redação pronta – As legalidades e ilegalidades na era digital para os policiais militares


Olá, pessoal!

Tendo em vista o concurso para a PMMG, que ocorrerá no próximo mês, apresento nesta postagem uma redação sobre um tema similar ao cobrado na prova para o curso de formação de oficiais de 2015.

Mas por que “similar”, Lygia?

O tema cobrado foi “As legalidades e ilegalidades da era digital para os policiais militares”, mas a redação que produzi foi para o tema “As legalidades e ilegalidades na era digital para os policiais militares”.

Não. As duas propostas não são iguais. A troca da preposição DE para a preposição EM faz toda a diferença para a produção do texto.

Eu não poderia escrever sobre as legalidades e ilegalidades DA era digital se eu não as conheço, compreendem?! Vocês, que estão estudando Direito para fazer a prova, devem saber falar bem sobre o assunto. Eu não tenho ideia do que se trata. Por isso, tive que adaptar a proposta.

De qualquer maneira, acredito que a redação que exponho a seguir poderá ajudá-los neste momento de estudos, fazendo-os analisar como foi produzida a Introdução, como os parágrafos de Desenvolvimento se relacionam com esse primeiro parágrafo e com o último, e dando-lhes ideias acerca de assuntos que podem estar na prova que farão em breve.

Se você tiver feito essa prova, escreva nos comentários, contando-nos como se saiu, sobre o que escreveu etc. Se você não fez redação para esse tema ainda, tente escrever uma e compartilhe conosco!

O espaço para comentários pode ser um local de interessante para ajuda mútua. Sintam-se à vontade.

Na próxima postagem, farei alguns comentários sobre as orientações da Banca sobre a redação.

Um grande abraço e bons estudos!

*********************************************
     Se, para o cidadão comum, a vida em tempos de internet tem proporcionado certa liberdade, por viabilizar voz a todos os indivíduos, para alguns profissionais, como os policiais militares, a cautela neste cenário é essencial. Com a rapidez com que se disseminam – e se ampliam – as informações na chamada Era Digital, o policial precisa pensar sobre a legalidade de seus atos na Web e ter bastante atenção ao seu comportamento em qualquer situação de sua vida, já que o dano a sua imagem pode tomar grandes proporções, implicando prejuízos também à imagem da corporação.

  O primeiro aspecto a ser considerado refere-se ao comportamento nas redes sociais. Compartilhar opiniões e fotos, inclusive relacionadas ao ambiente profissional, são ações comuns no mundo virtual, mas, para o policial militar, essa espontaneidade pode ser prejudicial. Escândalos envolvendo policiais já ocorreram devido ao acesso da mídia a postagens inadequadas feitas por alguns profissionais. Agir com discrição é uma das obrigações do policial, de acordo com o seu código de ética. Expor-se em demasia é, portanto, inadequado e arriscado para a sua imagem.

   Faz-se necessário considerar, também, que até em sua vida pessoal o comportamento do policial precisa ser cuidado, uma vez que, na Era Digital, qualquer indivíduo com celular pode filmar ocorrências e divulgá-las na internet. A população não atenuará ações inadequadas, ainda que de baixa gravidade, realizadas por um policial por ele não estar em serviço, pois a sua postura precisa ser exemplar sempre para inspirar confiança à sociedade.

   Percebe-se, dessa forma, que, na Era Digital, a imagem de um policial pode ser facilmente prejudicada se este não estiver atento à legalidade de seus atos em todas as esferas da sua vida. Até mesmo ações tidas como de baixa gravidade, segundo as normas institucionais da Polícia Militar, praticadas por esses profissionais, podem repercutir de maneira muito negativa pela sociedade por meio da internet. Conhecer o código de ética e agir conforme os seus direcionamentos é o que garantirá a esse profissional uma imagem honrosa tanto de si quanto da corporação como um todo. 

*********************************************

Quer ver mais uma redação para concursos anteriores da PMMG? Clique AQUI!