domingo, 17 de fevereiro de 2013

Comentários sobre o tema “Imigração para o Brasil no século XXI”

Imigração, de fato, não era assunto esperado para a redação do Enem. Alunos e professores ficaram surpresos ao se depararem com a proposta. No entanto, não se trata de um tema difícil. Pelo contrário. Comparado às propostas dos últimos dois anos, esse foi um tema bem tranquilo.

Um dos caminhos a seguir: dizer se a imigração é positiva ou negativa e, em seguida, tentar comprovar tal posicionamento. E, para isso, não era necessário dominar o tema. Os textos de apoio ajudavam muito na formação de um ponto de vista.

Ser contra ou a favor são duas possibilidades viáveis, porém a cautela na apresentação das ideias era muito necessária. O candidato que decidiu criticar a imigração teve que tomar cuidado para não parecer radical ou preconceituoso. Já quem decidiu dizer que a imigração é positiva teve que ficar atento para o texto não ficar com a argumentação fraca.

Diante do perigo de tender para os extremos, se eu tivesse feito essa redação, falaria que a imigração é positiva, desde que sob controle.  Essa seria uma maneira de manter uma argumentação ponderada.

Com base nesse posicionamento, segue uma introdução.

“O cenário econômico brasileiro tem repercutido positivamente no mundo e, como consequência, o país tem atraído pessoas de diversos continentes. Esse processo de imigração tem dividido opiniões e há, inclusive, correntes muito pessimistas e preconceituosas a esse respeito. Porém, analisando-se a situação de maneira fria, é possível perceber que a imigração para o Brasil, se organizada, pode ser benéfica em diversos aspectos”.

Essa seria a minha introdução. Nos parágrafos de desenvolvimento, eu deveria explicar de que maneira a imigração seria benéfica.

Só para deixar claro, essa não era a única forma de fazer um bom texto. Tenho alunos que foram por caminhos diferentes e conseguiram boas notas.

E você? Como foi nessa redação?

Lygia Maria